orquídea, vanda, cultivo, dicas, jardinagem, jardim, flores, combate a pragas, flor, folhas, adubo

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Cuidados básicos com a orquídea Vanda

Foto sem photoshop:


Sempre gostei muito de flores, mas nunca tive uma planta sob minha total responsabilidade. Eis que aconteceu já faz uns 2 ou 3 anos. Comprei minha primeira flor e comecei com uma que não é tão fácil cuidar: uma Vanda.

Pois é!

O que quero dizer com isso? A Vanda não é uma orquídea que dá pra deixar dias sem regar, sem adubar, sem luz... Mas apesar do terror que me fizeram no início, dizendo que é difícil e tal... No final das contas, ela tá aí comigo até hoje e lindíssima; e não faço nada além de regar todos os dias e adubar a cada 15 dias. Só! Não é difícil, muito pelo contrário, é muito fácil!

Já sabia que as orquídeas não florescem tanto quanto as margaridas, mas as flores duram muito! A floração da minha vem desde o dia 20 de agosto! Até hoje está florida!

E a cada 4 meses ela dá flor! É uma recompensa ver o brotinho saindo, sinal de que estou cuidando certo.
Vale a pena!

A natureza é perfeita! obra de Deus!

Agora vamos às dicas básicas para o cultivo da orquídea Vanda:

1) Borrifar com água todos os dias, pelo menos 3x nos dias quentes e 2x no máximo no frio (tarde e final de tarde)
2) Adubar a cada 15 dias (dependendo do fertilizante, pode ser a cada 7 dias se a planta estiver debilitada) (Aqui está o segredo da floração)
3) Luz: não deixe tomar sol direto, mas também não na sombra completa. O meu telhado é "transparente" (vidro bem grosso, não sei o nome).. então passa luz suficiente (em torno de 70%). Um jeito de saber se está tudo ok na iluminação é olhando para sua orquídea. Se a cor estiver um verde muito escuro, é sinal de pouca luz. Se a cor for um verde muito claro, quase amarelo, é sinal de que recebe muita luz.

É isso!
Qualquer dúvida sobre o assunto, faço questão de ajudar a esclarecer.

66 comentários:

  1. Olá Marjo! Comprei uma orquídea vanda anteontem (04/07). Vou seguir teus conselhos posto que por falta de zelo minha outra vanda morreu, por excesso de substrato, adubo e (pasme) falta de água e de minha experiência. Obrigado, Medeiros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Natalino!!! Fico agradecida pelo comentário!
      Há 3 meses mudei o horário de rega das minhas Vandas (tenho 3 e vou postar fotos).
      Passei a regar de manhã e de tarde, ou seja, duas vezes ao dia, que é o suficiente.
      Não tem problema se regar uma vez ou não regar no dia. O problema é se não regar por dois dias ou mais seguidos.
      Natalino, é gratificante ver a Vanda florir e acho a planta linda também quando não está florida.
      No momento, as minhas estão em fase de crescimento de raízes. E é incrível como cresce rápido!
      Muito cuidado com a aplicação dos adubos/fertilizantes. Já perdi várias plantas e só assim aprendi a não confiar em certas marcas...
      Qualquer dúvida, fico à disposição para esclarecer.
      Um grande abraço,
      Marjorie.

      Excluir
    2. Olá Marjo. Eu rego as minhas vandas de três em três dias. Porque agora esta frio. Eu não sei se estou a regar bem. Que adubos fertilizantes me aconselhas?PORTUGAL.

      Excluir
    3. Oi Artur!
      No inverno, realmente precisas regar menos do que no verão, porque o metabolismo da planta fica mais lento! Porém recomendo regar todos os dias, borrifando apenas uma vez ao dia, preferencialmente de manhã, para a Vanda absorver toda a água até o final do dia.
      Sobre os adubos ou fertilizantes, recomendo os produtos de pronto uso, específicos para as orquídeas, por serem de fácil manuseio e tu não corres o risco de errar na dosagem.
      Aqui no Brasil, já vi três marcas: Dimy, Biofert e Forth. Desde quando comprei minha primeira Vanda, uso o Biofert - pronto uso.
      Vou postar mais dicas de como usar os adubos ou fertilizantes.
      Abraços,

      Excluir
    4. Ola Marjori.Eu li a sua resposta.O adubo que eu otilizo em Portugal é Florais.Agora aqui em Portugal está a chover muito poies por isso iziste muita umidade e eu só vorifo em 8 de 8 dias.Eu não sei se estou a regare bem.Abraço e aguardo pela resposta.

      Excluir
    5. Olá Artur! Se o local está úmido, porque está chovendo bastante, realmente o ideal é regar menos. A observação da planta é importante, para verificar se está precisando de água ou adubo. Se ela estiver com as folhas mais murchas/secas, então é porque precisa de água. Se ela estiver vigorosa, com raízes e folhas novas crescendo, é porque está bem com a rega habitual. Quando for mudar a frequência com que regas, procure não mudar bruscamente, por exemplo, se costumava regar de 3 em 3 dias, não mude de um dia para o outro, passando a regar de 6 em 6 dias. Faça pequenas mudanças até chegar no ideal. Assim, um dia rega de 4 em 4 dias, depois na semana seguinte, passe para 5 em 5 dias, até chegar na outra semana a regar com frequência desejada, ou seja, de 6 em 6 dias.
      Outra dica importante, é não deixar de regar em dias muito quentes, especialmente no verão. Borrife pelo menos um pouquinho para não deixar a planta sem a devida umidade.
      Um forte abraço.

      Excluir
    6. Comprei tres mudas de vanda chegaram ontem, mas sao tao pequeninas. E nao seui o que fazer

      Excluir
    7. Olá!
      A primeira coisa a fazer quando se compra uma nova orquídea Vanda é achar um local adequado. Precisa ser um lugar com luminosidade, mas não pode pegar sol direto, exceto se for o sol da manhã e o sol da tarde que são bem fracos. O local não pode receber tanto vento (a ponto de fazer balançar a planta) e também não pode ser um local sem ventilação alguma (para não gerar risco de fungos). Ainda sobre a luz...Recomendo que a sua orquídea receba em torno de 70% de luminosidade de sol. Após, você vai precisar de um borrifador e também de um fertilizante. Pronto! Agora fixe a sua orquídea e primeiro aplique água com o borrifador. Regue somente com água durante duas semanas todas as manhãs, deixando as raízes e folhas molhadas. Se o clima for muito quente e seco, regue duas vezes ao dia (manhã e logo após meio-dia). Esse período vai ser de adaptação. No dia-a-dia você vai observar cuidadosamente a orquídea. A observação vai ser o segredo da adaptação!
      Abs.

      Excluir
  2. Pq as algumas raizesda mimha vanda estao ficando amarelas cuido tao bem me mandauma mensagem no meu gmail obrigada bjus parabens pelo seu blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Como é a textura desta cor amarela? Eu já vi algumas raízes de Vandas ficaram assim... e se somente algumas raízes estão secando, é normal, como aconteceu com a minha Vanda mais antiga. As pontas de algumas raízes mais antigas secaram e não foi por falta de água. Ao mesmo tempo, saíram duas raízes do caule! Vou postar fotos desse processo também. Recomendam cortar essas pontas secas, mas eu não arrisco, porque percebi que essa orquídea é muito sensível e pode ser que nesta parte do corte entre alguma bactéria ou vírus.
      Qual o seu e-mail?
      bjs.

      Excluir
  3. Olá
    comprei uma vanda faz uns 4 meses ,mas ela nao mudou nada ate hoje
    a raiz dela esta um pouco grossa e nao cresce, as folhas tambem nao . Não sei o que fazer , ela ficava na estufa junto com as outras , uso fertilizante uma vez por semana , molho ela todos os dias e nada .
    Voce tem alguma dica?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Sabrina,
      Primeiramente me desculpe por somente responder agora, pois não tinha recebido notificação pelo e-mail.
      Enfim, espero ainda poder ajudar.
      A sua vanda não mudou durante os quatro meses que você a comprou provavelmente porque a planta passou por um período de adaptação. Se você a comprou em um lugar que fica muito longe do local onde a vanda foi colocada, com certeza a orquídea "sentiu" a diferença, especialmente climática/altitude/temperatura/umidade e secura do ar.
      Depois do período de adaptação que demora em torno de seis meses (como aconteceu comigo), cuidando bem da planta, você já poderá ver raízes, folhas e flores se desenvolvendo.
      A dica que dou é manter uma rotina de regar e fertilizar sempre da mesma maneira, mas variando pouca coisa em cada estação do ano. Por exemplo, no verão, quando os dias estão muito quentes, costumo regar pela manhã e pela tarde.
      Resumo da ópera: depois que a vanda se acostuma com a rotina que você estabeleceu, o resultado é o desenvolvimento das raízes, folhas e flores. É muito gratificante ver a orquídea florida!

      Excluir
  4. Olá pessoal, a verdade é que a maior parte das orquídeas acaba morrendo ou não dando flores por causa de erros bastante simples do cultivador, mas eu descobri um método para transformar as orquideas do seu jardim em orquideas lindas de exposição. Com alguns segredinhos e seguindo um passo-a-passo elas ficam lindas, quem se interessar me mande um e-mail que eu explico direitinho: julianoqui@inglesaulas.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Juliano!
      Se quiser acrescentar as dicas nos comentários, fique à vontade! É sempre muito bom trocar figurinhas, porque assim todo mundo aprende!
      abraços

      Excluir
  5. Oi Sabrina,

    A minha Vanda estava linda e floresceu, mas 1 ano depois que eu a comprei ela começou a ficar com as raízes brancas e secas. O que pode ser?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Respondendo a sua pergunta...Quando compramos uma orquídea é óbvio que ela está linda e geralmente florida. Mas depois de alguns meses percebemos que ela começa a ficar um pouco (e não muito) "feia", "desidratada", "amarela" e as raízes e flores geralmente não mais crescem. Isso acontece por causa da grande diferença de ambiente. Por exemplo, se você compra uma orquídea numa cidade do interior que é quente e seca e traz para a sua cidade, que é mais fria e úmida, com altitude elevada, certamente a planta vai sofrer no começo para se adaptar. Por isso, quando for comprar uma orquídea, recomendo comprar de um orquidário que seja da sua cidade e, de preferência, perto da sua casa. Eu fiz isso da última vez que comprei minhas duas Vandas.
      Bom, voltando ao problema das raízes brancas e secas...
      Se várias raízes ficaram assim, então é sinal de desidratação e desnutrição. Você precisará comprar um fertilizante composto (recomendo um que seja do tipo borrifador, líquido, de pronto uso). Logo de manhã, ao regar com água, borrife em seguida com o fertilizante (que seja específico para enraizamento ou para floração - sugestão de marcas - Biofert e Forth. Profissionais de orquidários usam Peters - que é o pó azul).
      Se só algumas raízes estiverem brancas e secas, mas tem raízes crescendo e estão fortes e bonitas, então é normal! Depois vou postar as raízes das minhas, pois uma ou outra está branca e seca (mas tem várias outras crescendo).
      Espero ter ajudado.
      Qualquer dúvida, é só perguntar!

      Excluir
  6. Minha Vanda só cresce e não da flor.o que eu faço....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! quanto tempo você tem a orquídea? Se for uma orquídea Vanda jovem (poucas folhas e poucas raízes), então precisa esperar nascer mais folhas para ter o espaço necessário para brotar uma haste floral.
      Se sua orquídea tem várias folhas e, portanto, vários espaços para florescer... e se faz meses que não brota a haste floral, isso é sinal de que a planta precisa de um pouco mais de fertilizante (mas muito cuidado com o aumento da dose, pois ela é sensível. Então, aplique um pouquinho a mais na primeira semana. Recomendo que seja usado um fertilizante de pronto uso, pois vem na medida certinha. Assim, esse "pouquinho" a mais que eu disse significa umas três ou quatro borrifadas a mais.
      Agora estamos no inverno, então provavelmente a floração comece em setembro ou outubro, porque a Vanda não gosta de frio.
      As minhas estão floridas, mas acho que a próxima floração virá só em outubro.
      Depois mostro como faço para regar e adubar minhas Vandas.
      Abraços.

      Excluir
  7. Oi Sabrina.tenho uma Vanda que só cresce e não da flor o que faser

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Respondi a questão acima.
      Vou postar como faço para regar e adubar, além dos cuidados diários e semanais.
      Abraços

      Excluir
  8. Minha Vanda estava linda, quando as flores cairão , resolvi trocar de lugar ela estava no meu jardim interno com clarabóia e resolvi levar p o meu jardim externo debaixo de um mini coqueiro, onde tenho várias orquídeas, para minha surpresa ela sentido muito a mudança as folhas foram ficando amareladas e depois de 3 dias resolvi voltar p o antigo lugar e fui cuidando dela notificando água todos os dias e continue fazendo a fertilização 1 x por semana ....mas as folhas foram caindo uma a uma e não restou mais nenhuma, mas a raiz continua linda ....será que perdi minha Vanda?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Vanda é uma planta sensível, mas não a ponto de morrer por causa da adaptação em local em que a claridade, umidade e adubação (cuidados diários) foram as mesmas. Então, acredito que quando vc mudou a orquídea Vanda de lugar, ela deixou de receber a luminosidade adequada (que ela estava acostumada) e provavelmente foi essa a causa da queda das folhas. O problema é que ela perdeu todas as folhas e a recuperação seja difícil, mas não impossível. Nesse caso deixe a Vanda onde ela sempre esteve e mantenha o cuidado do jeito que estava, porém vá a um orquidário ou uma loja (também tem online) e adquira um adubo NPK (aquele que serve para manutenção - a concentração é do tipo 20-20-20). Ele é usado quando a Vanda acabou de florir e quando está enfraquecida, que geralmente acontece quando está muito frio (a Vanda gosta de calor).
      Use bem dissolvido na água. A minha recomendação é borrifar a planta com água, depois borrifar só um pouquinho de adubo diluído na água, na dose recomendada na embalagem do produto (duas borrifadas leves na raiz, já que ela está sem folhas) e, em seguida, lançar várias borrifadas com água. A primeira borrifada ajuda a planta a começar a absorver.
      Mantenha assim, no cuidado diário e espero que ela sobreviva.
      Desculpe a demora em responder, pois só agora vi a mensagem.
      Vou postar com fotos o que fazer em casos de emergência, quando a orquídea Vanda demonstra sinais de fraqueza.
      Boa sorte.

      Excluir
  9. Olá! Tenho uma vanda que peguei qdo tinha acabado de florescer e a pessoa havia deixado dentro de um apartamento durante uma semana no verão de janeiro no Rio. Imagine 42 graus...ela estava com um brotinho e fui tentando fazê-la sobreviver. como não tenho experiência fui me informando pela net. Mas as informações se cruzam e acabam me confundindo. A coloquei num cantinho emvaixo de uma amoreira onde tenho um palet com varias outras orquideas e plantas e pega meia sombra no verão, mas muita luminosidade. Hj ela está com o broto maior, mas noto q a rama primária est´pa seca e feia e as raízes muito compridas. Vou seguir seus conselhos a respeito da adubação e rega. Qual adubo devo usar 20 20 20? Aguardo resposta.Abçs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah sim ela está comigo já vai fazer dois anos e ainda não floresceu novamente. Por favor, não quero perdê-la! Obg

      Excluir
    2. Olá faith!
      Muita calma. Sua orquídea já tem dois anos e isso é um bom sinal, pois ela está adaptada, apesar de não estar dando flores. O segredo da floração é a adubação adequada e isso vc vai precisar fazer com paciência, pois a Vanda é sensível. Basta começar a introduzir a adubação de maneira delicada. Na fase de adaptação das minhas Vandas eu fiz assim: primeiro borrifava água, para a planta começar a absorver, depois passava uma ou duas borrifadas de adubo e, em seguida, borrifava com bastante água.
      Isso vc fará uma vez a cada dois dias. Veja que é bem pouco adubo e bastante água.
      Depois de duas semanas, vc pode começar a fazer o mesmo procedimento, mas aplique um pouco mais de adubo (procure dar uma borrifada na parte das folhas (uma de cada lado), depois duas borrifadas na raíz, parte de cima e parte de baixo. É bem pouco mesmo. Mas o importante é que a planta esteja recebendo adubo.
      Vc pode também seguir a recomendação da embalagem do produto, que é adubar a cada quinze dias. Neste caso, vc poderá passar um pouco mais de adubo, sempre aplicando a água junto, para ajudar na absorção. Eu sou a favor de aplicar um pouquinho toda semana, como faço nas minhas, pois assim elas se acostumam a receber nutrientes toda semana.
      Muito cuidado com os adubos insolúveis em água. Não recomendo esses, como o bokashi. Acredito que os cultivadores mais experientes consigam lidar melhor com esses adubos.
      Sobre a luminosidade, para saber se a orquídea Vanda está recebendo a luz adequada, verifique as folhas. Se elas estiverem com a tonalidade de verde muito claro (quase amarela) é sinal que vc precisa colocar mais na sombra. Se ela estiver com tonalidade de verde muito escuro, é sinal que a Vanda quer mais luz.
      Vc perguntou sobre o adubo 20-20-20. Esse adubo vende nos orquidários e é um potinho com um pó (grãozinhos) da cor azul-claro. Esse é usado para plantas enfraquecidas ou que acabaram de florir e estão se recuperando (a Vanda gasta toda a energia mandando nutrientes para a haste floral). Vc pode usá-lo sim, mas use bem pouquinho, use um pouquinho mais de água que o recomendado, pois se a concentração de adubo for muito forte, o efeito é contrário (muito adubo é veneno).
      O segredo da adubação é ir com calma e iniciar com bastante delicadeza, para a Vanda sentir menos o impacto da mudança!
      Em breve vou postar vídeo de como faço a adubação das minhas e como tratar no caso de floração, crescimento de raízes etc.
      Um forte abraço,

      Excluir
  10. Minha vanda só está com uma raiz, o que eu faço? Ela é uma muda, retirada, com apenas uma raiz, mas está há 7 meses assim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Renato,
      Eu já comprei uma muda de Vanda. Geralmente a adaptação é mais difícil e delicada. Eu perdi a minha porque cometi o erro de comprar de um fornecedor localizado no interior de SP, com clima totalmente diferente do local onde moro (região mais úmida e fria), pois no interior o clima é mais quente e seco.
      Mas a adaptação é difícil, mas não é impossível, mesmo em condições climáticas diferentes. Então vamos lá. O primeiro passo é achar um local com luminosidade adequada (em torno de 70% de sol). O ideal é que não fique diretamente exposta à luz solar. Veja também se o local tem muito vento (não é muito bom se ventar tanto a ponto de fazê-la balançar). Também não é bom local sem ventilação alguma, pois pode gerar fungos...Então criadas as condições adequadas, vamos ao segundo passo, que é a adubação. Primeiro vc precisa achar um adubo adequado. Pode ser esses que vendem em qualquer loja de jardinagem, orquidários e até online. Eu uso o fertilizante da Biofert e também já usei o Forth (também é bom). Eles já vêm pronto para uso e também tem os que são em solução concentrada, que vc dilui em água.
      Há ainda os NPKs.. eles são potinhos de diversas concentrações (20-20-20, 10-20-10...) vão variar conforme o cuidado que vc quer dar (estimular flores, cuidar de planta enfraquecida, estimular raízes etc). Eles são vendidos em orquidários. São usados pela maioria dos cultivadores profissionais. Como eu tenho pouco tempo para me dedicar às plantas, eu uso só o fertilizante pronto para uso, pois contém todos os nutrientes necessários para todas as fases da Vanda (floração, enraizamento etc).
      Acredito que a sua muda esteja ainda em fase de adaptação e provavelmente ela está precisando de adubação adequada. O adubo é que fornece os nutrientes necessários para crescer raízes, folhas e flores. Comece bem devagar e de maneira delicada, ou seja, dose bem com água. Eu faço assim na fase de adaptação da Vanda: primeiro borrifo com água somente. Em seguida, aplico adubo (borrifando uma ou duas vezes só com adubo). Por último, borrifo água por cima. Deixo as raízes no tom verde (pois quando estão secas, elas são brancas). Depois de poucas horas, as raízes estão brancas de novo (sinal que a planta absorveu).
      Comece assim, depois me diga como estão as folhas da sua muda.
      Um forte abraço,

      Excluir
  11. Bom dia!!
    Estou começando o cultivo de orquídeas (apenas 3 meses) e é claro comprei uma vanda.
    Uma delas tem as raízes muito finas em relação às que vejo postadas na internet.
    Será por causa da espécie ou híbrido (não sei) ou será que tem algo de errado com ela. Aparentemente está saudável. Mantenho uma rotina de rega diária de manhã bem cedo. (aqui venta muito) e adubo para floração peters 2 x na semana.
    A maior preocupação é com as raízes todas muito fininhas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marluce,
      Bom dia!
      Provavelmente a sua Vanda é parecida com a minha pequena (ela é naturalmente menor mesmo). As raízes dela são menores e finas em comparação com as minhas duas "gigantes".
      Acho que sua Vanda é ainda nova, por isso deve ter o diâmetro menor que meio centímetro.
      Não se preocupe com isso... o que interessa é verificar se a sua orquídea está crescendo (raízes, folhas e flores). Com o tempo a Vanda vai se adaptando ao ambiente e começará a se desenvolver cada vez mais.
      Inicialmente, minha orquídea Vanda, a menor, tinha poucas raízes e poucas folhas... minha preocupação era com a adaptação.
      Com o tempo, foram nascendo raízes no meio do caule...Pretendo fazer um comparativo do antes e do depois de anos que tenho a minha "Vandinha".
      Abs.

      Excluir
  12. Olá, rego minha Vanda 2 x ao dia, mas percebi que suas folhas estão fechadas, será que devo colocá-la em substrato? pois, no momento ela está numa cestinha com raízes aéreas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Eliana,
      Sua Vanda é nova?
      Se for, fique tranquila... a minha primeira orquídea Vanda também "fechou" um pouco as folhas. É normal, pois ela está em fase de adaptação.
      Comprei minha primeira orquídea na zona norte da Grande São Paulo e moro na região sul, em outra cidade — em São Bernardo do Campo, que é mais alta e fria. Então a orquídea sentiu um pouco o impacto, mas isso foi só no primeiro ano. Depois ela foi se adaptando (seis meses já estava expandindo raízes e crescendo folhas).
      A cestinha tem que ficar do jeito que está. As minhas estão do jeito que comprei. Deixe as raízes ao ar livre mesmo. Já vi gente dizendo que pode colocar em substrato (casca de coco...etc)... eu acho melhor não, pois você já rega duas vezes ao dia. Nos orquidários e exposições, sempre vi as raízes da maior parte das Vandas "soltas ao ar livre", nada de vaso. O vaso poderia ser uma opção para quem realmente não tem tempo para regar, pois assim as regas poderiam se reduzir para uma vez ao dia ou, dependendo do clima do local, para até menos que isso...

      Excluir
  13. Minhas banda estão lindas e mantenho com as raízes dentro da água de um lago que tenho em casa..preciso borrifar água nelas mesmo assim??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Iara,
      Há quanto tempo você comprou suas Vandas?
      Se você mantém as orquídeas com as raízes dentro do lago, realmente não será preciso borrifar água, a não ser um pouco nas folhas, pois o ideal é regar a planta completamente, desde as folhas até a raiz.
      Sinceramente, nunca vi uma orquídea sobreviver com as raízes mergulhadas o dia todo na água... Orquidófilos e manuais de cultivo recomendam deixar as raízes da Vanda "respirar", ou seja, após a rega, ela vai naturalmente secar. Em outras palavras, quando a gente rega, as raízes ficam verdes, porém depois de um tempo, elas ficam brancas novamente. Isso porque as orquídeas Vandas são epífitas ("raízes aéreas").
      Abs.

      Excluir
  14. Minhas banda estão lindas e mantenho com as raízes dentro da água de um lago que tenho em casa..preciso borrifar água nelas mesmo assim??

    ResponderExcluir
  15. As minhas mudas são tãpo pequenaS QUE NEM SEI o que fazer com elas. Pendurar ou por em um vasinho !!!???? :( assustei qdo chegaram rsrsrsr

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,
      Se suas mudas são muito pequenas (menos de 20cm de altura - folhas), então será necessário adaptá-las em cachepots (caixinhas para fixar a orquídea Vanda), deixando as raízes dentro, sem dobrar ou enrolar. As raízes vão crescer sem substrato nenhum, pois devem ficar penduradas, nunca enterrar! Também será necessário uma haste de aço, que deverá ser presa na caixinha, para pendurar a Vanda.
      Espero poder ter ajudado.
      Abs.

      Excluir
  16. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  17. Olá Marjo! Sou colecionadora de orquídeas, mas ganhei minha primeira orquídea Vanda em dezembro. Chegou florida, porém nem todas as raizes eram brancas, algumas eram escuras. As raizes brancas ficavam verdinhas quando eu borrifava água nelas. Com o passar do tempo as raízes foram ficando com aparência de secas. Somente na parte mais próxima da muda que ela fica verde quando eu borrifo água. O restante parece seco. Eu sempre converso com ela e borrifo água todos os dias e ela esta num local que recebe luz o dia todo, porem não recebe sol direto. O que devo fazer? Estou fazendo algo de errado? Desde já agradeço sua atenção e ajuda!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi Pohlmann,
      As raízes brancas são as mais novas e geralmente tem uma pontinha verde... neste final de semana vou mostrar como estão as raízes das minhas Vandas.
      Algumas raízes são brancas e não tem a pontinha... é normal, porque nem todas as raízes se desenvolvem por igual.
      Outras raízes são mais antigas e geralmente são verdes (pegam um pouco do musgo que se forma, pois a adubação constante somada com a água gera um habitat perfeito para os musgos que são plantinhas quase microscópicas e que fazem bem para a orquídea, pois colaboram para a umidade e concentração de sais minerais e agentes orgânicos. Vou mostrar algumas das raízes verdes...
      Minhas Vandas também têm raízes secas (elas são cinzas, sem vida, enrugadas e finas...algumas são quase pretas...), isso significa que estão mortas... os cultivadores recomendam cortar. Confesso que tenho dó...e tenho um certo receio de cortar e a planta sentir (pode até ser que o interior ainda esteja vivo, apesar de aparentar morta... e se cortar e a raiz ainda estiver viva, aumenta a chance de a Vanda pegar alguma doença... pode se tornar uma porta de entrada para bactérias e vírus.. sim... as plantas também enfrentam esse problema!)
      Você descreveu a sua Vanda... e pela descrição.. acho que sua Vanda está saudável, porque as minhas também tem esses três tipos de raízes... tem raízes secas também.. as raízes importantes são essas que você borrifa e ficam verdes! O importante é que sua Vanda está em local apropriado (sem receber luz direta do sol em horário crítico que é por volta do meio-dia..)...e o importante também é que você rega todos os dias!
      Fique tranquila, pois sua Vanda está saudável! Eu tenho as minhas há anos...e estão todas ok, mesmo que eu não corte todas as raízes secas.
      bjos
      Marjorie.

      Excluir
  18. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  19. Olá, ganhei uma Vanda de presente, e ela estava linda e florida, após um tempo as flores caíram, e continuei cuidando normalmente, no orquídário de onde ganhei e inclusive na caixa dela, dizia que poderia deixá lá no vaso de vidro mesmo, foi o que fiz. Só que tem 2 semanas que suas folhas começaram a cair, e então o caule secou e não sobrou nenhuma folha. Porém a raiz está verde e bonita. Seguindo indicacão de uma loja de plantas, comprei substrato para orquídea e fertilizante próprio, e em 4 dias ela deu mofo nas raízes, o que devó fazer? Estou com medo de perdê lá.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi Marcela!
      Quando a gente compra ou ganha uma orquídea, é normal a planta sentir diferença de ambiente. Logo que você recebe a planta.. até uns 3 meses, a Vanda fica em período de adaptação, então é uma fase delicada. O importante é não deixar faltar o que ela mais necessita: água, luz e ambiente adequado.

      Você disse que ganhou de presente...então ela veio no vaso de vidro.. Não sei se é uma boa ideia deixar lá, porque as raízes gostam de ventilação, justamente por ter raiz porosa (que suga água), ela precisa ser regada todos os dias de manhã e ao longo do dia, ela vai absorvendo a água e ao ar livre, ela vai naturalmente secando depois de umas duas, três horas...
      Mas, em ambiente sem ventilação, ou seja, dentro do vaso de vidro... a água demora muito mais para secar e isso cria condições para proliferação de fungos e bactérias. O adubo facilita ainda mais a criação e desenvolvimento de fungos e bactérias dentro de ambiente fechado, justamente, porque o adubo (fertilizante) tem sais minerais, que é alimento.
      O problema é a queda de todas as folhas...Tive um problema parecido com uma das minhas Vandas, porque eu errei a dosagem do adubo (coloquei muito mais que o necessário) e a planta sentiu... caíram quase todas as folhas... só ficaram três. Morri de medo de perder, mas eu decidi continuar regando normalmente, mas o adubo aplicava em quantidade bem menor, usando metade da medida recomendada no frasco. Agora ela se recuperou.
      Acredito que o problema é o mofo nas raízes.. isso é muito ruim, porque sufoca a planta (o mofo vai se acumulando nos poros da raiz). Recomendo duas opções emergencias: 1) tirar a planta do vaso de vidro e deixá-la dentro de cesto com arame (como está a minha) ou 2) regar menos, pois dentro do vaso a ventilação é menor e por isso, a umidade dura mais e isso cria condições para proliferar ainda mais fungos.

      O principal é interromper imediatamente a adubação, porque junto com ambiente sem ventilação (dentro de vaso) ... a adubação é alimento para fungos e bactérias. Recomendo trocar o substrato por um novo, para eliminar os fungos ali existentes.
      Espero que você consiga recuperar sua orquídea...
      Não desanime, pois depois de ultrapassar a fase de adaptação, a planta se acostuma e fica muito fácil cuidar.
      Vale muito a pena ter Vanda! As flores são exuberantes e duradouras!
      Bjos

      Excluir
  20. Olá marjo

    Ganhei uma Vanda e coloquei em um coqueiro, igual vi na internet ela está com a rais linda mais agora começou murchar as folhas, to muito triste não sei o q fazer ... Rêgo ela direitinho mais parece não adiantar as folhas continua a murchar será falta de adubo ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Acho que seria ideal proteger as raízes com tela de palha ou algum pedaço de saco de estopa, pois permite a ventilação na medida certa no caso da sua Vanda, que está em fase delicada de adaptação em novo ambiente.
      Veja se o local é muito ventilado, isso não é bom para a Vanda ( se planta constantemente balança, isso é sinal que você precisa trocar de ambiente ou colocar algum bloqueio de ar, algo que proteja a planta).
      Outro ponto a observar é se a Vanda está recebendo luz direta do sol, pois isso não faz bem... a luz precisa ser indireta.
      Até pode pegar sol direta, mas só no comecinho da manhã e no finalzinho da tarde.
      As folhas murchando também pode ser sinal que é excesso de adubação...mas a falta de adubação não causa queda de muitas folhas seguidamente, em curto espaço de tempo. Na verdade, a falta de adubação não mata a planta, mas desacelera o desenvolvimento dela.
      Em breve vou fazer um vídeo explicando todas essas questões e cuidados.
      Abraços,
      Marjorie.

      Excluir
  21. As flores da minha Vanda caíram uma a uma e agora a haste está amarelada... devo cortar a haste? ou esperar que ela seque?

    ResponderExcluir
  22. Olá.
    espere a haste secar completamente, até a base, pois ela começa a secar de cima (ponta superior) para baixo (base).
    estou com uma orquídea Phalaenopsis que está com a haste pronta para ser cortada... vou postar neste final de semana.
    Espero ter ajudado.
    grande abraço,

    ResponderExcluir
  23. Oi Pessoal,Encontrei um manual ensinando tudo sobre como cuidar de Orquídeas.
    Esse manual foi feito por um Cultivador de Orquídeas Com Mais de 20 Anos de Experiência.
    Você vai Descobrir todos os SEGREDOS para cultivar Orquídeas facilmente com explicações passo a passo! Transformando as orquídeas de seu jardim em orquídeas lindas de exposição!

    Quem quiser Vou deixar o Link explicando melhor logo abaixo.

    >>>>>> http://bit.ly/Cuidando_de_Orquídeas

    ResponderExcluir
  24. Oi Pessoal,Encontrei um manual ensinando tudo sobre como cuidar de Orquídeas.
    Esse manual foi feito por um Cultivador de Orquídeas Com Mais de 20 Anos de Experiência.
    Você vai Descobrir todos os SEGREDOS para cultivar Orquídeas facilmente com explicações passo a passo! Transformando as orquídeas de seu jardim em orquídeas lindas de exposição!

    Quem quiser Vou deixar o Link explicando melhor logo abaixo.

    >>>>>> http://bit.ly/Cuidando_de_Orquídeas

    ResponderExcluir
  25. Oi Pessoal,Encontrei um manual ensinando tudo sobre como cuidar de Orquídeas.
    Esse manual foi feito por um Cultivador de Orquídeas Com Mais de 20 Anos de Experiência.
    Você vai Descobrir todos os SEGREDOS para cultivar Orquídeas facilmente com explicações passo a passo! Transformando as orquídeas de seu jardim em orquídeas lindas de exposição!

    Quem quiser Vou deixar o Link explicando melhor logo abaixo.

    >>>>>> http://bit.ly/Cuidando_de_Orquídeas

    ResponderExcluir
  26. Oi Pessoal,Encontrei um manual ensinando tudo sobre como cuidar de Orquídeas.
    Esse manual foi feito por um Cultivador de Orquídeas Com Mais de 20 Anos de Experiência.
    Você vai Descobrir todos os SEGREDOS para cultivar Orquídeas facilmente com explicações passo a passo! Transformando as orquídeas de seu jardim em orquídeas lindas de exposição!

    Quem quiser Vou deixar o Link explicando melhor logo abaixo.

    >>>>>> http://bit.ly/Cuidando_de_Orquídeas

    ResponderExcluir
  27. Olá... Adorei as suas dicas e suas respostas aos questionamentos dos colegas, li todos :)
    Comprei duas Vandas a menos de 1 semana (+ou- 4 dias) e ambas vieram em vaso de vidro, como eu nem sabia que existia orquídea Vanda tratei logo de ir pesquisar tuuuuudo sobre... Enfim, percebi logo que não era ideal mante-las nos vasos e que deveria pendura-las; fiquei uns 3 dias bolando como fazer isso kkkk. Até que vi que era simples, pendurar o cachepô de plástico que vem com elas com arame e pronto. Acontece que enquanto eu bolava a melhor maneira de fazer isso eu fui borrifando água uma vez por dia no vaso mesmo, pois morri de dó o dia que tirei e tive que voltar para o vaso... Daí hoje quando finalmente fui coloca-las penduradas eu vi que uma delas tinha uns 3 pontos brancos, acho que mofo... Imediatamente eu tirei ela do vaso e enxaguei e já deixei ela pendurada na minha sacada (moro em apê).
    Você acha que agora mantendo ela pendurada com as raízes soltar vai ser o suficiente para o mofo não voltar? Ou será necessário algo a mais?
    Outra coisa, a questão do adubo... Vi na internet sobre o NPK 20-20-20, mas também tive orientação em uma casa de jardinagem que esse não é tão bom assim... Qual adubo você me recomenda? Qual marca? E com qual frequência? Qual a ordem, rego primeiro e depois aplico o adubo e depois rego novamente? Ou é ao contrário?
    Eu tenho um adubo pronto para uso de spray que uso para minhas outras espécies de orquídeas, Phalaenopsis e Dendrobium (Que na verdade comecei a usar agora, então nem sei se é bom), é da marca West Garden... Nele tem Nitrogênio 0,020% - Fósforo 0,040% - Potássio 0,040% - Cálcio 0,005% - Magnésio 0,005% - Boro 0,002% - Cobre 0,001% - Manganês 0,001% - Molibdênio 0,001% e Zinco 0,001%. Você acha que para Vanda também funciona? Qual você sugeri?
    Vi que você comentou que tem marcas que você não confia mais, se puder me falar também pois assim já fico longe delas!
    Outra coisa, moro no 14° andar e vente um pouco a noite... Você acha que pode prejudicar ela? Coloquei ela lá hoje e vi que ela balança um pouco... Ainda esse mês pretendo fechar a sacada com cortina de vidro e assim vou poder fechar em dias que estiver ventando muito mas por enquanto não tenho outro lugar pra deixa-las penduradas, já que moro em apartamento.
    E uma última pergunta, na parede onde pendurei ela vai pegar um pouco de sol da manhã... Até umas 10:30 hs. O que você acha?

    Desculpa tantas perguntas... E obrigada desde já ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Talita,
      Vou responder na ordem das perguntas...
      Vamos lá...
      Tem gente que consegue cultivar a orquídea Vanda em vaso de vidro/plástico, mas realmente não acredito ser o melhor a fazer, porque é da natureza dela ficar com as raízes livres e soltas...E a maioria dos cultivadores profissionais deixam a Vanda livre.
      O mofo que apareceu na raiz provavelmente já estava lá quando vc comprou...porque ele se desenvolve em locais úmidos, escuros e sem ventilação, o que não é o caso da sua sacada do seu apartamento. Então fique tranquila, pois acho que daqui a alguns dias ele vai desaparecer (porque a sua orquídea toma sol, tem boa ventilação do ambiente e não fica do escuro o dia todo).
      Sobre o adubo.. eu já testei três marcas... uma delas eu não arrisco mais usar que é da marca Forth (para outras orquideas ele é bom, mas para Vanda, não achei uma boa solução). Atualmente eu uso a marca Biofert. Acho mais prático, porque vem com todos os minerais e vitaminas que a Vanda precisa e já tem uns 4...5 anos que uso e tem dado resultado na floração das minhas 3 Vandas.
      Já me falaram que o adubo da West Garden também é bom... eu pretendo comprar e testar...
      O NPK 20-20-20 é um pó azulado...sempre vejo vender em lojas de jardinagem... confesso que tive um certo receio de usar nas minhas orquídeas, porque parece bem concentrado, mas antes vou me informar com quem realmente já usou e aprovou.
      Sobre o vento que bate na sacada do seu apartamento... se sua Vanda está balançando... isso é sinal que vc precisa colocar alguma proteção (a cortina de vidro seria a solução e poderia criar até um ambiente de estufa, muito adequado para plantas em geral)... se estiver tempo quente, a ventilação é bom, mas precisa regar mais vezes... se o tempo estiver frio... a ventilação pode prejudicar o desenvolvimento dela. Mas como vc já vai colocar a cortina de vidro (em um mês né), fique tranquila...ela aguenta bem até lá.
      O sol da manhã é importante para ela...até 10:00 não vai prejudicar...o problema é depois desse horário... o sol direto depois desse horário é muito forte e não recomendo para nenhum tipo de orquídea. Veja se vc consegue deixá-la posicionada para tomar sol até 10h00.
      Espero poder ajudar... e pode perguntar à vontade.
      bjs
      Marjorie.

      Excluir
  28. Oi Marjorie!

    Obrigada pelas respostas... Boa notícia, o mofo foi embora, o problema era ela ficar presa dentro do vaso de vidro mesmo :)
    Única coisa que continua me preocupando é o vento que tem noites que são muito fortes, tadinha elas chegam a balançar... Mas agora é só questão de tempo para o pessoal da empresa vir montar a cortina de vidro... Provavelmente semana que vem, enquanto isso tem noites que eu coloco elas pra dentro de casa e volto só de manha para a sacada!

    Você acredita que eu comprei justamente o adubo da Forth?! Comprei a uma semana, foi indicação do rapaz de um Garden da minha cidade. Fiquei preocupada por ser o que você não confia... Me diz o que aconteceu quando você usou esse da Forth, aconteceu algo que prejudicou sua Vanda???
    O rapaz me indicou e eu compre dois na verdade, um para floração (9-45-15) para eu usar enquanto a orquídea estiver florida e um para manutenção (20-20-20), ambos são Peters. O que você acha?!
    A última dúvida, as flores começaram a cair e percebi que a haste está amarela... É normal?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Talita, fique tranquila... já vi muita gente usando o adubo da Forth e na casa de jardinagem perto de casa sempre tem, porque que deve ter bastante saída... enfim, ainda estou querendo testar novos adubos nas minhas orquídeas, para ver se consigo fazer ela florir 3x ao ano.. agora a média de floração das minhas é 2x ao ano (começo do ano e setembro). Como vc já comprou o adubo da Forth, recomendo vc usar um pouco a menos que a dosagem indicada... acho que é o ideal para vc testar e não gerar risco para sua Vanda. Lembro que usei a dosagem exata indicada no rótulo e não deu certo nas minhas... Então o melhor a fazer agora é usar bem pouquinho a cada 15 dias e depois ver como a planta reage...
      Acho legal seguir a dica do rapaz, usando cada adubo para cada necessidade da orquídea... como eu tenho pouco tempo para cuidar das minhas, eu uso só o adubo "geral" que faz todo esse trabalho.
      No mês que vem vou precisar comprar o adubo 20-20-20 para ajudar no crescimento de folhagem de uma das minhas Vandas, porque ela precisa estar bem desenvolvida para crescer mais flores... Depois vou postar o resultado.
      Quando a flor morre... realmente é normal a haste ficar amarela.. assim que ficar marrom (até a base), vc já pode cortar com a tesoura ou então esperar ele amolecer naturalmente e com uma pequena puxada vc consegue retirar (só consegui fazer assim 3x... as demais eu tive que cortar).

      Excluir
  29. Ofereceram-me uma Vanda e como não conhecia o cultivo tentei informação na net e tenho hidratado bem, luminosidade da manhã e está no interior da casa ( pois estou em portugal e o inverno é muito frio) . Estava bonita e trazia flores e botões e esteve bem até agora mas as suas filhas estão a ficar escuras na base, castanho escuro parece que estão a apodrecer ! Alguém me diz o que fazer , por favor ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Margarida.
      As orquídeas Vandas realmente gostam de calor. Mas não desanime. Aqui no Brasil o inverno é ruim (a temperatura chega a 6 graus em dias mais frios). Se estiver mais frio que isso, tente deixá-la em local fechado, onde não tenha vento. Pois o vento faz a planta desidratar. E no frio a absorção de água e nutrientes é mais devagar. As folhas realmente ao longo do tempo vão ficando escuras na base (o problema seria se ficassem escuras na parte superior - onde tem folhas novas). Normalmente ficam escuras três folhas no máximo. E caem. No inverno é bom evitar regar a planta com a mesma frequência feita no verão.
      Depois que passar o inverno, a planta começará a revigorar novamente.
      Se tiver mais dúvidas, pode perguntar.
      Tenha um bom dia.

      Excluir
  30. Olá Marjo, a minha está ficando meio esbranquiçada e com pontinhos preto, teria como eu te passar uma foto para que você me oriente como cuidar da minha lindinha ? Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! a raiz está ficando esbranquiçada e com pontinhos pretos? Se forem apenas algumas, ok. O problema é quando afeta todas as raízes. Nas minhas vandas tem algumas raízes assim e que já estão secas. Algumas eu já cortei e não tive problemas. O ideal é cortar, mas não tem problema também se você deixar, pois deixei assim alguns meses. Já pesquisei para saber o motivo de ficarem com os pontos pretos. São fungos que se formam nas raízes já secas e mortas. Por isso é bom cortar. Pode enviar foto sim: mayrocknroll@gmail.com
      Espero ter ajudado. Um forte abraço.

      Excluir
  31. Olá Marjo, Tenho apenas uma Vanda que está acabando a floracao, o que Eu faço com a haste? Corto ou mantenho mesmo sem flores?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maria.
      A floração de uma das minhas vandas acabou também...
      espere a haste floral ficar toda marrom (seca) e depois é só cortar com a tesoura... mas não puxe e nem corte muito rente ao tronco...
      Um forte abraço,

      Excluir
  32. Olá!
    Estou curiosa quanto ao corte da haste depois que seca. Podemos cortar com quantos centímetros da base?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Márcia!
      quanto ao corte da haste, geralmente eu corto com aproximadamente 4cm da base (corto de uma maneira que não machuque a planta de modo algum). Algumas hastes, com o tempo acabam secando e apodrecendo na base mesmo e depois de um tempo dá para puxar de leve e ele sai inteiro fora! Mas normalmente isso não acontece. Nas minhas orquídeas, as hastes estão lá...
      Abraços

      Excluir
  33. Ola. Como vai? Comprei uma Vanda com flores mas ao chegar em casa, após alguns dias dá compra, a haste floral começou a ficar amarela e as flores foram caindo, mas as folhas estão normais. Estou triste. O q pode ter sido?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quero a resposta dessa mesma pergunta! Por favor!

      Excluir
    2. Olá! Bom dia!!! Nossa... Desculpe-me pela demora! Somente agora consegui visualizar! Desde já te digo que, em caso de urgência, pode me mandar e-mail: mayrocknroll@gmail.com
      Vamos lá à resposta! então...
      a orquídea que você comprou estava com todas as flores abertas ou ainda tinha botões a abrir?
      Se todas as flores estavam abertas, provavelmente já ficou mais de um mês florida, porque esta é a média de tempo que a Vanda fica florida. Então, se a haste já começou a amarelar e as flores foram caindo, a orquídea ficou mais de 30 dias floridas quando você a comprou.
      Fique tranquila! Isso é normal!
      Agora a planta ficará alguns meses sem flores e o momento é adequado para você começar a adubar com fertilizante foliar, também chamado 30-10-10, ou então pode usar o genérico que serve para todas as ocasiões (já testei as marcas da Biofert e Forth).
      Um forte abraço Érica!
      Pode perguntar se tiver mais dúvidas!

      Excluir
  34. Olá! Bom dia!!! Nossa... Desculpe-me pela demora! Somente agora consegui visualizar! Desde já te digo que, em caso de urgência, pode me mandar e-mail: mayrocknroll@gmail.com
    Vamos lá à resposta! então...
    a orquídea que você comprou estava com todas as flores abertas ou ainda tinha botões a abrir?
    Se todas as flores estavam abertas, provavelmente já ficou mais de um mês florida, porque esta é a média de tempo que a Vanda fica florida. Então, se a haste já começou a amarelar e as flores foram caindo, a orquídea ficou mais de 30 dias floridas quando você a comprou.
    Fique tranquila! Isso é normal!
    Agora a planta ficará alguns meses sem flores e o momento é adequado para você começar a adubar com fertilizante foliar, também chamado 30-10-10, ou então pode usar o genérico que serve para todas as ocasiões (já testei as marcas da Biofert e Forth).
    Um forte abraço!
    Pode perguntar se tiver mais dúvidas!

    ResponderExcluir