orquídea, vanda, cultivo, dicas, jardinagem, jardim, flores, combate a pragas, flor, folhas, adubo

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Adubação das orquídeas: dicas

Olá!
Antes de falar sobre a adaptação, precisamos saber o básico sobre cuidados especiais com orquídeas. Antes de adquirir minhas orquídeas, primeiramente pesquisei sobre a dificuldade para cuidar de cada espécie. Escolhi a espécie que mais me agradou em termos de beleza, e percebi que as Vandas não me dariam tanto trabalho, por ser fácil lidar com elas. Confesso que não tenho tempo para plantinhas que exigem muitos cuidados. Logo que comprei minha primeira Vanda, já levei também o adubo específico para orquídeas. Escolhi o complexo de vitaminas da marca Biofert, que uso até hoje. Muito cuidado na adubação! Perdi uma Vanda e outras plantas por adubação em excesso! Apesar de ter lido várias dicas e matérias espalhadas pela internet, pensei que já estava "expert" no assunto (como dizem hoje: SQN!). A teoria dessas dicas e matérias está correta sobre os adubos químicos 20-20-20 e 15-30-15, indicando a quantidade de cada nutriente (NPK: Nitrogênio, Fósforo e Potássio), mas, meus amigos, na prática, o manuseio não é assim tão simples, mesmo seguindo à risca as instruções. A quantidade precisa ser bem dosada! 20-20-20 é o adubo usado para o período em que a planta está sem flores. Em vários orquidários, já encontrei este que parece um pó azulado, o Peters:
15-30-15, 10-30-20 são usados quando o botão floral já está visível. A minha recomendação para iniciantes, que vem funcionando para mim, é usar apenas um tipo de adubo, mas que seja completo, para não ter erro. Porém, se você for bem orientado por um cultivador experiente, então, tudo bem. Há vários adubos ou fertilizantes no mercado, sólidos, líquidos solúveis e prontos para uso (com borrifador). Escolhi esta última opção para não ter erro! Nos orquidários que visitei, encontrei as marcas Biofert, Forth e Dimy. Onde aplicar o adubo? Como adubo? Quando adubo? Onde, como e quando? Vou detalhar nos próximos posts. É isso. Dúvidas? Podem perguntar. Um forte abraço.

2 comentários:

  1. muitos parabens e obrigado pelas dicas sobre vandas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!
      Vou postar mais dicas!
      Depois de alguns anos com as vandas, tenho a dizer que não dão trabalho (não gasto nem 10 minutos para cuidar delas) e me enchem de alegria quando estão floridas! (também fico feliz quando nasce uma raiz ou uma folha nova rs).

      Excluir